Terça-feira - Manaus - 12 de novembro de 2019 - 00:24

DIVERSÃO

'Zumbilândia: Atire Duas Vezes' é garantia de diversão e traz novidades

O filme se passa dez anos depois do apocalipse zumbi

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 23 de outubro - 13:12

Aguarde até os créditos finais para conferir uma cena adicional estrelada por Bill Murray, o astro da comédia oitentista

Foto: Divulgação

Após o lançamento de Zumbilândia em 2009, os fãs que adoraram a combinação de humor e zumbis pediam por uma sequência da pitoresca aventura estrelada por Jesse Eisenberg (Batman vs. Superman: A Origem da Justiça), Emma Stone (La La Land: Cantando Estações), Woody Harrelson (Han Solo: Uma História Star Wars) e Abigail Breslin (Scream Queens). Nesta quinta-feira (24/10), o longa Zumbilândia: Atire Duas Vezes (Zombieland: Double Tap, EUA, 2019) marca o retorno do apocalipse zumbi mais engraçado do cinema!

Novamente sob a direção de Ruben Fleischer – que recentemente comandou Venom –, a obra tem roteiro assinado pela dupla responsável por Deadpool, Rhett Reese e Paul Wernick – além de Dave Callaham (Godzilla) –, e coloca nossos protagonistas para encarar o mundo uma década depois do surto de mortos-vivos. Deste modo, Columbus (Eisenberg), Wichita (Stone), Tallahassee (Harrelson) e Little Rock (Breslin) precisam sobreviver a zumbis mais sinistros e superar os desafios gerados pela convivência em relacionamento de longo prazo.

Quando o casal Columbus e Wichita rompe e o veterano Tallahassee descobre que a já adolescente Little Rock deseja encontrar seu primeiro amor, o grupo se vê obrigado a desbravar os Estados Unidos mais uma vez, rumo à comunidade de ‘Babylon”. Nessa jornada, surgem personagens inéditos, como a desmiolada Madison (Zoey Deutch, de The Politician), o músico Berkeley (Avan Jogia, de Twisted) – isto é, crush de Little Rock –, a sedutora Nevada (Rosario Dawson, de Demolidor) – inesperado interesse amoroso para Tallahassee.

Com aproximadamente 1h39 de duração, Zumbilândia: Atire Duas Vezes não demora para provar que a espera realmente valeu a pena, alternando entre cenas de ação completamente nonsense e diálogos divertidos, que culminam em piadas contadas com bastante inteligência. No entanto, apesar dos ineditismos e novatos, o destaque vai mesmo para a atuação de Woody Harrelson, que, na continuação, exerce os papéis de paizão superprotetor, solteirão e até de cover do Elvis Presley – e tudo isso passando em questão de minutos!

TH VIDEO