Quarta-feira - Manaus - 18 de setembro de 2019 - 22:38

MANAUS-AM

Wilson Lima programa viagem aos Estados Unidos e completará 40 dias fora do Estado

Em 162 dias de mandato, governador ficou fora do Estado 25% do tempo - um a cada quatro dias. Próxima viagem acontece na semana que vem, para os Estados Unidos

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 11 de junho - 13:34

Recentemente esteve presente em Israel, quando integrou uma comitiva organizada pelo seu partido para conhecer a Terra Santa

Arte: Victor Rodrigues/ TH

Thiago Fernando -  Da Redação

Em menos de seis meses de mandato, o governador Wilson Lima (PSC) alcançará na próxima semana a marca de 40 dias fora do Estado viajando para compromissos particulares ou oficiais. Só em custo com diárias, de acordo com o portal da transparência, o chefe do governo já gastou R$105.367,50 e esse valor pode aumentar com uma viagem já programada para os Estados Unidos, que deve acontecer nos próximos dias – na semana passada, ele estava com a esposa em Israel.

De acordo com a Secretaria de Comunicação do Governo, Lima participará nos Estados Unidos de uma série de reuniões sobre segurança pública e novas tecnologias que podem ser implementadas no Estado. Será a 15ª vez que ele se ausentará do Amazonas em seu governo. O principal destino foi a capital nacional. Ao todo, ele viajou nove vezes para Brasília (DF), onde ficou 19 dias no total. Já o segundo local favorito foi São Paulo, com duas viagens e 11 diárias.

Wilson Lima também viajou duas vezes para o exterior. Em maio, ficou cinco dias em Florencia, na Colômbia, onde participou do 17º Fórum Global Clima Tempo. Já no último mês, esteve presente em Israel, quando integrou uma comitiva organizada pelo seu partido para conhecer a Terra Santa. Desta vez, o governador foi acompanhado de sua esposa e deu uma justificativa semelhante: conhecer técnicas de defesa e combate a grupos terroristas.

Em nota oficial, a assessoria classificou a viagem como de interesse do Estado pois Lima faria pesquisa sobre novas tecnologia. Todavia, surgiram fotos dele ‘turistando’ por Jerusalém.

"Qual tecnologia e qual programa que ele vai trazer?", questiona Dermilson Chagas

Foto: ALE-AM

Críticas

Questionado sobre a ausência do Governador por tanto tempo no inicio do mandato, o deputado Wilker Barreto (PHS) afirmou não ser contrário às viagens caso realmente sejam proveitosas para o Estado, fato que, segundo o mesmo, não, tem acontecido. Para o parlamentar, Wilson Lima acha que ganhou na loteria.

“Eu não questiono as viagens para o interior, apesar de estar se comportando como circo, onde leva aquela tenda. A questão são as viagens para o exterior. Eu vejo nos grandes CEOs que antes eles arrumam a casa para depois relaxar. O governador Wilson Lima acha que ganhou na loteria. Ele esquece que está aí para executar o orçamento público. O que de concreto está vindo para o Amazonas? Ele depõe contra os próprios decretos que baixou”, disse Barreto, que ainda questionou a escolha do governador de sempre viajar no ‘jatinho-particular’.

“A questão do jatinho é um grande erro. Não precisamos de jato para o interior. Existem alternativas bem mais baratas. Isso me entristece porque são quase seis meses de mandato e não vejo medidas que ajude o Governo a enfrentar a crise grave nas finanças do Estado”, salientou.

Para o deputado estadual Dermilson Chagas (PP), é preciso esclarecer o que tem sido pesquisado e negociado nessas viagens internacionais. “Precisamos ver o que ele vai trazer dessas viagens internacionais. Qual tecnologia e qual programa que ele vai trazer? O que está sendo discutido para poder justificar essas saídas dele. Vejo que ele está viajando e procurando trazer resultados, mas na pratica, não tem nenhum. É muito tempo ausente, fora do Estado”, citou Chagas.