Segunda-feira - Manaus - 19 de agosto de 2019 - 00:22

MANAUS-AM

Professores e alunos da Ufam se unem contra corte de verbas federais para a educação

Cerca de 500 pessoas estiveram presentes na manifestação organizada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) e pela Associação dos Docentes da Ufam (Adua)

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 15 de mai - 08:20

Além da paralisação, outras medidas serão discutidas, como a Reforma da Previdência

Fotos: Daisy Melo

Thiago Fernando - Da Redação

Nem mesmo a forte chuva que atingiu Manaus, na manhã desta quarta-feira, 15/5, foi suficiente para impedir que professores, técnicos e alunos da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), fechassem a entrada do Campus e realizassem uma passeata como ato inicial da Greve Nacional da Educação. O protesto contra o bloqueio dos recursos para a educação anunciado pelo Ministério da Educação (MEC) na última semana também aconteceu em outros 22 estados e o Distrito Federal.

Cerca de 500 pessoas estiveram presentes na manifestação organizada pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) e pela Associação dos Docentes da Ufam (Adua). A greve nacional de um dia recebeu o apoio dos alunos e técnicos da instituição que também se revoltaram com o anuncio do Governo Federal. Eles fizeram uma caminhada até a bola do Coroado, zona Leste de Manaus, e voltaram para a entrada do Campus Universitário.

Para o professor Marcelo Vallila, mestrando em Serviço Social da Ufam, o mais importante do ato foi ver que a sociedade está apoiando as manifestações e entendendo a necessidade de lutar contra os cortes nos recursos para a educação.

“Hoje foi um sucesso não apenas pela quantidade de pessoas, mas pela recepção da sociedade. Os alunos estão entendendo a necessidade de fazermos essas manifestações contra os cortes para mostrar ao governo Bolsonaro que terá que enfrentar. Motoristas e motoqueiros também participaram. Vimos pessoas sinalizando a favor da nossa passeata. Isso é muito bom, porque mostra que a sociedade clama pela educação”, disse o professor.

Alunos saíram em caminhada até a Bola do Coroado

Estado

O ato também aconteceu nos 15 Campus universitários da Ufam no interior do Estado. Além disso, hoje à tarde, às 15h, acontecerá na Praça da Saudade, no Centro de Manaus, o projeto ‘Ufam na Praça’, que visa informar a população o trabalho realizado na universidade.

“Faremos exposições para mostrar a sociedade o trabalho que está sendo realizado na universidade. Nele, vamos ter exposições, banners e pesquisas realizadas por professores e alunos”, concluiu Vallila.