Sábado - Manaus - 6 de junho de 2020 - 18:28

MANAUS-AM

Polícia prende 27, fecha dois bares e recupera 10 carros em 72 horas em Manaus

A maior parte das prisões foi por tráfico de drogas, roubo e posse ilegal de arma

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 15 de janeiro

A fiscalização ocorreu em bandas de carnaval, bares, casas de show, além de incursões em becos e ruas nas chamadas manchas criminais.

Foto: Aguilar Abecassis

Manaus - Entre a noite a última sexta-feira (12) e madrugada deste domingo (14), as forças de segurança do Amazonas prenderam 27 pessoas, apreenderam nove adolescentes e quatro armas de fogo, recuperaram 10 veículos roubados e furtados e fecharam dois bares por irregularidades no Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), em Manaus. A maior parte das prisões foi por tráfico de drogas, roubo e posse ilegal de arma. As ocorrências aconteceram durante ações das operações ‘Águia’ e ‘Alegoria Proibida’, que ocorreram em todas as zonas da capital.

O governador em exercício e Secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, também participou da fiscalização. Bosco ressalta que a presença da polícia nas ruas, especialmente nos finais de semana, quando há uma grande movimentação nas localidades festivas, também tem como foco o combate à venda de entorpecentes em toda a cidade de Manaus. “A partir da próxima semana nós vamos nos subdividir porque teremos uma grande programação de bandas ocorrendo na cidade, e nós já estaremos efetivamente dentro da quadra carnavalesca, o que requer que a gente redobre o esforço e esteja presente em todos esses eventos”, disse o governador em exercício.

Saraiva atuou na fiscalização das festividades do Aniversário do bairro Praça 14, na zona sul da capital, e em bares e casas de show dos bairros Morro da Liberdade, Betânia, também na zona sul; Armando Mendes, São José 4, Zumbi, Jorge Teixeira, na zona leste e Cidade de Deus e loteamento Nova Cidade, no bairro Monte das Oliveiras, ambos na zona norte.

As ações policiais fazem parte da estratégia do sistema de segurança do Amazonas que utiliza a interação entre a Polícia Civil, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros como forma de garantir mais eficiência nas ações policiais. A fiscalização ocorreu em bandas de carnaval, bares, casas de show, além de incursões em becos e ruas nas chamadas manchas criminais.

O comandante-geral da PM, coronel David Brandão, explica que em razão das operações a Polícia Militar atua com mais de 1500 servidores nas ruas para garantir a segurança da população. “São militares do Comando de Policiamento Especializado, do Comando de Policiamento Ambiental, Batalhão de Trânsito que estão reforçando o policiamento, atuando nas barreiras e no patrulhamento. As barreiras ficam, no máximo, de  30  a 40 minutos em setores previamente determinados pelos setores de inteligência. Após esse período, a fiscalização acontece em outras regiões”, acrescentou Brandão

A Polícia Civil atuou com 50 policiais civis que fazem parte de diversos departamentos como Polícia Metropolitana, Polícia do Interior, Repressão do Crime Organizado, Investigação sobre Narcóticos, além das Delegacias Especializadas em Proteção à Criança e ao Adolescente e a Especializada em Crimes Contra a Mulher.

Integrantes do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), também atuaram durante as incursões. “A nossa função é evitar que as coisas aconteçam de mal com o cidadão que sai de casa para se divertir e por essa razão nós estamos com as incursões nos abres, até para que os comerciantes se regularizem”, destacou o Delegado-Geral da PC, Mariolino Brito.

Dois bares foram fechados
No bairro Jorge Teixeira, zona leste, na Avenida Itaúba, o bar ‘Distribuidora Cervejão’ foi fechado por não possuir o alvará de funcionamento e nem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Essa era quinta vez que o estabelecimento estava sendo notificado. Também na mesma Avenida, o Bar da Morena não foi fechado, mas notificado por possuir um extintor vencido e fiação exposta. A notificação dá um prazo de 10 dias para que as irregularidades sejam sanadas.

No loteamento Nova Cidade, zona norte, na Avenida Margarita, um terceiro bar foi fechado por irregularidades no AVCB. “Estamos fiscalizando saídas de emergência, iluminação, todas as autorizações que competem ao sistema de segurança nós estamos cobrando para enfatizar a situação de passar um carnaval seguro”, reforçou o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Mauro Freire.

Bandas de carnaval
Na manhã do último sábado (14/01), uma portaria conjunta, assinada por órgãos do Governo do Estado e da Prefeitura de Manaus, apresentou novas regras para realização de eventos pré-carnavalescos e carnavalescos em vias públicas do Estado em 2018. Entre as regras, a portaria estabelece que os eventos ocorridos em vias e locais públicos de Manaus, devem acontecer até o limite de 23h. “Nós estaremos presentes em todos os eventos carnavalescos de Manaus, já com a regra de que não pode comercializar bebida em vasilhame de vidro, não pode usar material perfuro cortante, além do limite de horário”, acrescentou Bosco Saraiva.