Terça-feira - Manaus - 31 de março de 2020 - 19:09

MANAUS-AM
PRESIDENTE FIGUEIREDO

Polícia Civil e PRF prendem investigado pela participação em pelo menos 10 homicídios

O infrator foi detido por uma equipe da PRF quando tentava passar por uma barreira policial, situada na rodovia federal BR-174

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 26 de fevereiro - 05:00

O infrator foi encaminhado para o 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP)

Foto: Divulgação

Uma ação integrada da 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) culminou no cumprimento do mandado de prisão preventiva em nome de Samuel Barbosa Boeira dos Santos, 35, investigado por ser o mentor de, pelo menos, 10 homicídios ocorridos naquele município (distante 117 quilômetros em linha reta da capital), ao longo dos meses de janeiro e fevereiro deste ano.

De acordo com o titular da 37ª DIP, delegado Valdnei Silva, que coordenou as investigações em torno do caso, o infrator foi detido por uma equipe da PRF quando tentava passar por uma barreira policial, situada na rodovia federal BR-174. Conforme as diligências, Samuel é apontado como o mandante de homicídios em série que foram cometidos em Presidente Figueiredo, com o intuito de dominar o comércio de substâncias entorpecentes da área.

“Assim que as investigações indicaram que Samuel seria o mentor dos delitos, e após a ordem judicial em nome dele ter sido expedida, passamos a monitorá-lo, com o intuito de o prendermos no momento certo. Dessa forma, tivemos a essencial ajuda da Polícia Rodoviária Federal, que interceptou Samuel quando ele tentava viajar para a capital”, explicou o delegado.

Segundo a autoridade policial, por ter sido preso no território do município de Manaus, o infrator foi encaminhado para o 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), para os procedimentos do cumprimento de mandado de prisão.

O delegado destacou ainda que as diligências em torno do caso seguem em andamento, a fim de identificar e prender todos os envolvidos nos crimes. A ordem judicial em nome de Samuel foi expedida na última quarta-feira (19/02), pelo juiz Roger Luiz Paz de Almeida, da Vara Única da Comarca de Presidente Figueiredo.

Procedimentos 

O indivíduo foi indiciado por homicídio. Após os trâmites legais no 19º DIP, ele será encaminhado para a audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital.