Terça-feira - Manaus - 13 de novembro de 2018 - 01:30

MANAUS-AM

​Manaus atinge meta de vacinação contra a paralisia infantil

Ao todo, 132.087 crianças foram vacinadas, atingindo 95,2% do público alvo estimado para o município.

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 14 de setembro - 16:20

A campanha teve início no dia 6 de agosto

Foto: Divulgação

Ultrapassando a meta de vacinar no mínimo 95% das crianças de um ano até quatro anos, 11 meses e 29 dias, a Prefeitura de Manaus encerrou nesta sexta-feira, 14/9, a Campanha de Combate à Poliomielite (paralisia infantil). 

Segundo o último levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), o Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) apontou que a campanha em Manaus vacinou um total de 132.087 crianças, atingindo 95,2% do público alvo estimado para o município.

A campanha teve início no dia 6 de agosto, programada para encerrar inicialmente no dia 31 de agosto, e foi prorrogada pelo Ministério da Saúde até o dia 14 de setembro em todos os estados que não alcançaram a meta de vacinar o mínimo de 95% do público alvo.

Além do trabalho realizado nas 183 salas de vacina em Manaus durante todo o período de campanha, a Semsa organizou um Dia D de Mobilização, no dia 18 de agosto, com 549 postos, e uma intensificação em um sábado, dia 1º de setembro, com o funcionamento de 63 Unidades de Saúde.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, ressalta que, mesmo com o encerramento da campanha, a população deve ficar atenta para a imunização das crianças contra a poliomielite de acordo com o esquema de rotina exigida no calendário vacinal do Programa Nacional de Imunização (PNI), que estabelece a aplicação de três doses da vacina injetável (VIP), quando a criança completa dois, quatro e seis meses de vida, além das doses de reforço com Vacina Oral Poliomielite (VOP) aos 15 meses de vida e aos quatro anos de idade.

“As Unidades de Saúde mantém durante todo o ano a oferta das vacinas para que a criança receba o esquema completo de imunização. E pais e responsáveis devem ficar atentos para levar as crianças até uma UBS e, assim, garantir a proteção. Também devem levar o cartão de vacina para que os profissionais de saúde possam avaliar e fazer a atualização vacinal, quando houver necessidade, para outras doenças imunopreveníveis”, alerta Marcelo Magaldi. 

A lista com o endereço das 183 salas de vacina em Manaus pode ser acessada no site da Semsa (http://semsa.manaus.am.gov.br), incluindo as 10 UBSs que funcionam em horário ampliado, abertas ao público até 21h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12h, aos sábados.

Sarampo 

Em nível nacional, a Campanha lançada pelo Ministério da Saúde incluiu a vacinação de crianças contra o sarampo, mas em Manaus, considerando o surto da doença, a aplicação da tríplice viral, que imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba, foi antecipada, tendo registrado a vacinação de 204.897 crianças na faixa etária de seis meses até 5 anos, 11 meses e 29 dias, atingindo 106,9% da meta.

A vacina tríplice viral está disponível, direcionada para a faixa etária de seis meses a 49 anos, na rotina diária de serviço das 183 salas de vacina em Manaus.