Sexta-feira - Manaus - 18 de outubro de 2019 - 15:20

MANAUS-AM

'Fevereiro roxo' entra para o calendário oficial de Manaus

A campanha Fevereiro Roxo  tem o objetivo de promover a conscientização da sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do Alzheimer

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 8 de outubro - 07:53

O Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca o declínio das funções cognitivas

Foto: Divulgação

Vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovaram por unanimidade, o projeto de lei 058/2019, que institui no calendário oficial de Manaus a Campanha de Conscientização Fevereiro Roxo. O projeto, de autoria do vereador Rosivaldo Cordovil (Podemos), foi encaminhado à sanção do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

A campanha Fevereiro Roxo  tem o objetivo de promover a conscientização da sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do Alzheimer, fibromialgia, lúpus, leucemia e câncer de vesícula biliar. Esta campanha acontecerá com mais intensidade no mês de fevereiro e tem como símbolo o laço roxo.

Segundo Rosivaldo Cordovil a campanha será realizada anualmente no mês de fevereiro, com a promoção de reuniões, palestras, seminários para disseminação de informações sobre a prevenção de doenças. “É importante destacar que quanto mais cedo for realizado o diagnóstico, maiores as chances de resposta positiva ao tratamento, podendo até mesmo retardá-los”, alerta.

De acordo com o Ministério da Saúde, o Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que provoca o declínio das funções cognitivas, reduzindo a capacidade de trabalho e relação social e interferindo no comportamento e na personalidade da pessoa. O Alzheimer costuma evoluir de forma lenta e progressiva.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Alzheimer afeta cerca de 35,6 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, o cálculo da Associação Brasileira de Alzheimer (Abraz) é de que 1,2 milhão de pessoas sofram os efeitos da neurodegeneração.

O Lúpus é considerado uma doença inflamatória autoimune, que ocorre quando o próprio sistema imunológico ataca tecidos saudáveis do corpo por engano e pode afetar diversos órgãos e tecidos, como pele, articulações, rins e cérebro. Em casos mais graves, especialmente se não for tratado adequadamente, pode levar à morte.

Fibromialgia é uma doença reumatológica, que acomete por volta de 3% da população brasileira, em sua maioria mulheres adultas, conforme dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR). A principal característica é o aparecimento de dor muscular crônica e generalizada, acompanhada de sintomas como fadiga, alterações do sono, memória e humor.