Segunda-feira - Manaus - 25 de janeiro de 2021 - 08:56

MANAUS-AM

No interior do AM, presos estariam se contaminando com Covid-19 de propósito

Segundo a denúncia, alguns detentos estariam trocando de máscaras para favorecer a contaminação. A desconfiança aumentou após surto repentino de casos dentro da unidade prisional

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 24 de novembro

 Desde a semana passada, doze presos testaram positivo para a doença. 

Foto: Divulgação

O juiz Roger Luiz Paz de Almeida, da Vara Única da Comarca de Presidente Figueiredo, analisa com cautela novos pedidos de concessão do benefício de prisão domiciliar a detentos do 37.º Distrito Integrado de Polícia do município (localizado cerca de 128 quilômetros de Manaus). O motivo é a denúncia, já sob investigação da Polícia Civil, sobre contaminação proposital de presos pelo novo coronavirus.

Segundo a denúncia, alguns detentos estariam trocando de máscaras propositalmente para favorecer a contaminação. A desconfiança aumentou após surto repentino de casos dentro da unidade. Desde a semana passada, doze presos testaram positivo para a doença. Oito receberam o benefício da prisão domiciliar e quatro estão em isolamento na própria unidade. Ainda há outros 24 em isolamento no distrito policial.

“A partir dessa situação que está sendo investigada, adotei como procedimento, me acautelar quanto a novos pedidos de concessão do benefício de prisão domiciliar. É justo que sejam observados os direitos dos presos, mas diante dessa denúncia, adotamos providências para que não haja equívocos”, destacou o magistrado.

Os testes nos presos foram feitos pelos servidores da Secretaria de Saúde do Município. As visitas de familiares dos presos na unidade foram suspensas. Dois agentes da cadeia também foram contaminados.