Quinta-feira - Manaus - 27 de junho de 2019 - 05:29

MANAUS-AM

Em março, Manaus registrou menor número de homicídios desde 2011

Em março deste ano, foram registrados 58 homicídios em Manaus. Na comparação com o ano passado, a diminuição é de 17,14%.

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 11 de abril - 15:31

No primeiro trimestre deste ano foram registrados 180 homicídios em Manaus

Foto: Divulgação

As ações desencadeadas pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) levaram a uma redução nos indicadores de criminalidade no primeiro trimestre de 2019. Os homicídios acumulam queda de 2,17% em Manaus e, em março, as mortes violentas chegaram ao menor nível dos últimos oito anos para o mês.

Durante balanço dos 100 dias de gestão, o governador Wilson Lima destacou as medidas em diversas áreas. Na segurança pública, falou da melhora em diversos indicadores e disse que a preocupação é proteger o cidadão.

“Estamos chamando a comunidade, indústria e comércio porque pensamos que segurança pública só se constrói de maneira integrada, e dessa vez vamos ouvir o principal interessado que é o cidadão. Aliás, eu sempre ouvi o cidadão como jornalista, e agora na condição de governador continuarei ouvindo”, disse.

Em março deste ano, foram registrados 58 homicídios em Manaus. O dado corresponde ao menor número de homicídios registrados no mesmo desde 2011. Na comparação com o ano passado, a diminuição é de 17,14%. Em março de 2018, a capital teve 70 assassinatos.

“Os números são positivos, mas queremos reduzir muito mais. É um trabalho que se deve à união das polícias e de todo o sistema de segurança, integrados para dar um retorno à população. Estamos dinamizando os trabalhos das polícias nas ruas e as investigações para termos mais respostas”, ressaltou o secretário de segurança, Coronel Louismar Bonates.

Redução 

No primeiro trimestre deste ano foram registrados 180 homicídios em Manaus, número 2,2% menor que no mesmo período do ano passado. A redução segue por dois meses consecutivos. Em fevereiro do ano passado, foram registrados 65 homicídios. Este ano, o número caiu para 52: uma redução de 20%.