Domingo - Manaus - 31 de mai de 2020 - 08:52

MANAUS-AM

Em Manaus, terceiro envolvido na morte de PM durante arrastão em lanchonete se entrega à polícia

Jorge Luís, o Gordo, era quem dirigia o carro que ajudou na fuga da dupla que fez o arrastão na lanchonete e matou o PM

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 3 de novembro

Jorge Luis Carvalho Martins é conhecido como Gordo. 

Foto: Divulgação

Manaus - O delegado Daniel Leão, adjunto da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), falou na manhã de quinta-feira, dia 2, durante coletiva de imprensa realizada às 11h, no prédio da especializada, sobre o cumprimento de mandado de prisão preventiva por latrocínio em nome de Jorge Luis Carvalho Martins, 22, conhecido como “Gordo”. O jovem está envolvido no latrocínio do policial militar Marcelo Chaves de Souza, ocorrido na madrugada do último sábado, dia 28 de outubro, em uma lanchonete localizada no bairro Cidade Nova, zona Norte da cidade. A vítima tinha 33 anos.

Conforme Daniel Leão, Jorge se apresentou no prédio da Derfd na manhã de ontem, por volta das 10h. O mandado de prisão em nome do infrator foi expedido no dia 30 de outubro deste ano, pela juíza Dinah Câmara Fernandes de Souza, da 8ª Vara Criminal. A autoridade policial destacou que os outros dois envolvidos no crime, identificados como Leonardo William Melo Silva, 19, conhecido como “Léo”, e Pablo Yuri Pimentel Rocha, 18, o “Loirinho”, foram presos e apresentados durante coletiva de imprensa realizada na manhã da última quarta-feira, dia 1º de novembro.  

Segundo o adjunto da Derfd, horas antes do crime, por volta das 23h, Leonardo e Pablo estavam em uma casa noturna no bairro Centro, zona Sul. Os jovens solicitaram um carro, por meio de um aplicativo de transporte privado urbano, com destino ao Conjunto Senador João Bosco, bairro Flores, zona Centro-Sul. Durante o percurso, os infratores anunciaram o roubo e, próximo ao destino, liberaram o motorista do veículo. Na ocasião, Jorge Luis entrou no veículo e passou a dirigir o carro.

“O trio circulou nas proximidades da lanchonete no bairro Cidade Nova e decidiu abordar os clientes que estavam no local. “Léo” e “Loirinho” desceram do veículo, enquanto Jorge permaneceu no carro aguardando os comparsas. Na ocasião do delito, o policial militar tentou reagir ao roubo, mas Pablo conseguiu segurar o militar e Leonardo efetuou três tiros em direção da vítima. Um dos tiros atingiu o policial. Após o delito, os três infratores empreenderam fuga do lugar”, explicou Daniel Leão.

A vítima ainda foi socorrida por populares e levada ao Hospital e Pronto Socorro Doutor Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, na zona Leste, mas não resistiu ao ferimento e morreu na unidade hospitalar. Jorge foi indiciado por roubo e latrocínio. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, o jovem será conduzido para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde permanecerá à disposição da Justiça.

FONTE: Polícia Civil do Amazonas