Quarta-feira - Manaus - 18 de setembro de 2019 - 22:36

MANAUS-AM

Corpo de Bombeiros registrou 188 incêndios em residências em Manaus

O número de incêndios em casas registrado até julho deste ano é 88,1% menor que o do mesmo período do ano passado, quando foram registrados 320 casos.

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 4 de setembro - 14:32

Os bombeiros alertam quanto às medidas de prevenção.

Foto: Divulgação

Além de destruir o patrimônio privado e público, os incêndios colocam vidas em risco. Até julho, 188 incêndios em residências foram registrados em Manaus, segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM). Responsável por atender às chamadas emergenciais, os Bombeiros alertam quanto às medidas de prevenção que podem ser tomadas para evitar esse tipo de acidente.

O número de incêndios em casas registrado este ano é 88,1% menor que o do mesmo período do ano passado, quando foram registrados 320 casos. Não fazer ligações elétricas clandestinas, deixar de usar de extensões e benjamins, e ficar atento às panelas no fogo são alguns dos cuidados que podem evitar acidentes com fogo.

Segundo o sargento do CBMAM, Denis Wilson Lira, o extintor é um equipamento que pode ajudar no controle inicial das chamas. “Em residências não há obrigatoriedade de dispor de extintores de incêndio, mas caso o proprietário entenda que é seguro tê-lo, um extintor com carga de pó químico seco poderá suprir a necessidade em caso de princípios de incêndios”, destaca.

Em uma situação de emergência, é importante manter a calma e sair do local o quanto antes. “Primeiramente, o cidadão deve manter a calma e avaliar a situação. Se o caso for muito sério, será necessário evacuar o local imediatamente e acionar o Corpo de Bombeiros por meio do 193”, ressalta.

O acionamento dos Bombeiros pelo 193 é necessário para afastar possibilidades de rescaldo. “Em casos de incêndio, ligar imediatamente para o CBMAM poderá agilizar o acionamento, a chegada da equipe e mitigar os riscos de propagação para outros cômodos da residência”.

Se o cidadão não tiver treinamento adequado, o ideal é não tentar combater o incêndio, pois o risco de acidentes é muito grande, e pode até causar um aumento no fogo.

Condomínios e hotéis devem sempre se manter regularizados junto ao Corpo de Bombeiros. “O condomínio ou hotelaria deve ter um Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros em dia, dispositivos e sistema de combate a incêndio, bem como os de controle de pânico em perfeitas condições de emprego”, diz Denis Wilson.

Formação de brigadas

O Corpo de Bombeiros oferece um serviço de formação de brigadas, ensinando o combate a incêndios e o atendimento de primeiros socorros. Empresas e organismos sociais como igrejas e associações sem fins lucrativos podem agendar o treinamento.

Para isso, é necessário entregar ofício endereçado ao comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Danízio Valente, especificando a data, horário e local em que o treinamento pode ocorrer. O atendimento é feito conforme disponibilidade da seção de ensino dos Bombeiros.

Para empresas, o treinamento é feito mediante o pagamento de um taxa. Já associações sem fins lucrativos e igrejas podem requisitar a qualificação de forma gratuita.

Dicas de segurança:

1. Não fazer ligações clandestinas na rede elétrica

2. Evitar utilizar ligações múltiplas (extensões e benjamins)

3. Evitar deixar aparelhos eletroeletrônicos ligados sem necessidade de uso

4. Realizar manutenção preventiva da rede elétrica

5. Não deixar panelas com o fogão aceso sem supervisão

6. Fazer a manutenção preventiva da mangueira e do registro do gás de cozinha

7. Em caso de quedas de energia, desligue os aparelhos eletroeletrônicos da tomada

8. Não fazer queima de materiais para limpeza de terrenos

9. Não utilizar acessórios (para celulares, e o mesmo vale para o gás de cozinha) sem inspeção de qualidade

10. Avaliar aquisição de extintores de incêndio para combater o fogo dentro ou fora de casa