Sexta-feira - Manaus - 29 de mai de 2020 - 18:17

MANAUS-AM

Com PMs insatisfeitos, noite é marcada por tiroteios na zona Leste de Manaus

Estudantes acabaram morrendo após tiroteio na zona Leste. Policiais nem chegaram a ir ao local

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 15 de março

Viaturas ficaram paradas e PMs não foram trabalhar

Foto: Divulgação

Os estudantes Raide Barbosa da Silva, 18, e Jorge Tasito Miranda de Souza, morreram após serem vítimas de tiroteios na noite desta quarta-feira, 14/02, nos bairros Zumbi 1 e Armando Mendes, na zona leste da capital.

Além das duas vítimas fatais, pelo menos outras duas pessoas ficaram feridas por balas perdidas. A irmã de Raide, também foi baleada.

Homens armados, executaram Jorge com vários disparos de arma de fogo, no Zumbi 1 e, em seguida, seguiram para o bairro Armando Mendes, também na zona leste, onde tentaram matar dois homens que estavam em um beco. Porém, os alvos dos pistoleiros correram e invadiram a casa onde estavam as irmãs, localizada na Rua G, no momento que Raide abriu a porta para ver o que estava acontecendo.

Por conta da greve, nenhuma viatura da Polícia Militar chegou a ir até os locais onde aconteceram os tiroteios, segundo informações dos policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

De acordo com o presidente da Associação dos Praças do Estado do Amazonas (Apeam), Gerson Feitosa, cerca de 80% dos policiais militares não foram trabalhar, na noite desta quarta-feira.