Terça-feira - Manaus - 13 de novembro de 2018 - 01:33

DIVERSÃO

Após cancelamento temporário, 1ª noite do Fecani agita Itacoatiara

Público e artistas ficaram apreensivos por algumas horas, mas logo em seguida foram contagiados pelo show da dupla sertaneja Maiara e Maraísa

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 6 de setembro - 10:19

Maia de 50 mil pessoas compareceram ao evento

Foto: Divulgação/ Itacoatiara

A 33ª edição do Festival da Canção de Itacoatiara Fecani foi temporariamente suspensa poucas horas após o início da primeira noite do evento, nesta quarta-feira, 5/08, em cumprimento a uma decisão judicial do Tribunal de Justiça do Amazonas atendendo a um pedido do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), que alegou ter encontrado irregularidades técnicas no local, onde o evento acontece.

Em torno das 22h30, o documento foi recebido pelos responsáveis do festival, interrompendo a programação. De imediato, foi visível o protesto público dos fãs que prestigiariam mais uma edição do festival da canção. Na ocasião, a Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) precisou intervir em alguns momentos para conter os ânimos dos manifestantes.

Segundo a decisão do juiz  Rafael Rocha, da 3ª Vara do Tribunal de Itacoatiara, os documentos legais para a autorização do Fecani não foram entregues dentro do prazo previsto. Além disso, na consideração do magistrado, havia argumentação de que, em maio deste ano, o Corpo dos Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) constatou irregularidades na estrutura montada para os shows.

"O Código de Defesa do Consumidor impõe o respeito à vida, à saúde e segurança contra riscos decorrentes de serviços considerados perigosos ou nocivos, o qual pode ser aplicado ao caso em questão", destacou o juiz em um trecho da decisão. Ele ainda citou o artigo 5º da Constituição, promovendo o uso da segurança como dever do Estado e responsabilidade de todos.

Representantes da Associação dos Itacoatiarenses Residentes em Manaus (Airma) disseram que estavam tentando sensibilizar as autoridades judiciais, juntamente com o prefeito do município, para recorrer da decisão o mais rápido possível. Em caso de descumprimento, o documento estipulava multa de R$ 200 mil por cada dia do evento.

Ainda na noite de ontem, a dupla do sertanejo nacional Maiara e Maraísa se apresentaram no Centro de Eventos Juracema de Holanda, local para 50 mil pessoas. Outros nomes como Jorge Aragão, Revelação e Frejat, além de nomes regionais, também estão dentro da programação do festival previsto para ocorrer entre 6 e 8 de setembro deste ano.