Segunda-feira - Manaus - 25 de janeiro de 2021 - 09:31

MANAUS-AM
BARREIRINHA

Adolescente é apreendido suspeito de sequestrar, estuprar e matar criança indígena

Criança de seis anos na Comunidade Nova Vida, zona rural de Barrerinha. A área é Sataré-Mawé

CARLA ALBUQUERQUE

Publicado em 24 de novembro

O crime ocorreu no último domingo, 22/11, na Comunidade Nova Vida, em Barreirinha

foto: Divulgação

Um adolescente de 16 anos foi apreendido em Barreirinha (a 330 quilômetros de Manaus) por suspeita de ter sequestrado, estuprado e em seguida, assassinado uma criança indígena de 6 anos. O crime ocorreu no último domingo, 22/11, na Comunidade Nova Vida, zona rural do município. 

À polícia, a mãe da menina identificada como Taiane Silva Rayol, 25, informou que estava dormindo, no último domingo, com as filhas, na casa onde moram, que é área indígena Sataré-Mawé. Ao acordar durante a madrugada, identificou que Ana Beatriz não estava na rede onde dormia.  

Com o sumiço da filha, a mulher pediu ajuda aos vizinhos. Os comunitários realizaram várias buscas pela comunidade. A criança foi encontrada, por volta das 15h, ainda de domingo, já sem vida, em uma área de mata, distante da casa onde morava. 

De acordo com médicos do hospital da cidade, a vítima apresentava sinais de violência sexual, e hematomas pelo corpo, principalmente no pescoço e boca. Há a suspeita de que ela foi morta por estrangulamento. 

Durante buscas na casa onde a menina morava, moradores conseguiram encontrar uma camisa usada pelo suspeito. A partir da vestimenta, os comunitários conseguiram identificar, localizar e deter o suspeito, na segunda-feira, 23/11. O adolescente foi entregue à Polícia Militar (PM).

Ele foi encaminhado à sede da Polícia Civil (PC), em Barreirinha, para procedimentos cabíveis. Conforme a PM, outros dois homens são suspeitos de participar do crime. A dupla ainda está foragida, mas já está sendo procurada.