Sábado - Manaus - 31 de outubro de 2020 - 00:11

DIVERSÃO

A série de televisão "The Walking Dead" terminará em 2022

Serão adicionados seis episódios à décima temporada, cuja transmissão está marcada para 2021, apesar de suas filmagens terem sido interrompidas pela pandemia de covid-19. 

REDAÇÃO TODA HORA

Publicado em 10 de setembro - 07:00

Serão adicionados seis episódios à décima temporada

Foto: Divulgação

O seriado americano "The Walking Dead" chegará ao fim em 2022 com a conclusão da décima primeira temporada, que terá duração de dois anos e 24 episódios, anunciou nesta quarta-feira, 09/09, o canal a cabo AMC, que transmite o programa nos Estados Unidos. 

Serão adicionados seis episódios à décima temporada, cuja transmissão está marcada para 2021, apesar de suas filmagens terem sido interrompidas pela pandemia de covid-19. 

Além disso, os amantes da série podem se alegrar que a AMC já encomendou uma nova série, um "spin-off" centrado nos personagens de Daryl Dixon e Carol Peletier, dois dos sobreviventes do apocalipse. 

Depois de "Fear The Walking Dead" (lançada em 2015), a primeira série derivada do universo criado pelo roteirista Robert Kirkman e o ilustrador Tony Moore, este novo "spin-off" será transmitido pela AMC a partir de 2023.

O canal também está trabalhando em outro projeto em torno de "The Walking Dead", chamado "Tales of the Walking Dead", que examinará alguns dos personagens da série original em mais detalhes. 

“The Walking Dead”, adaptado de uma história em quadrinhos, apresenta as aventuras de poucas pessoas que sobreviveram a um desastre desencadeado por um vírus, que transforma os mortos em zumbis contagiosos e famintos por carne humana. 

Lançada em 2010, a série é um grande sucesso atingindo seu clímax na quinta temporada, cujo primeiro episódio quebrou o recorde de audiência do canal nos Estados Unidos para um programa não esportivo, com 17,3 milhões de espectadores.

"The Walking Dead" então experimentou a desaceleração lenta, mas inexorável, da televisão a cabo, que compete com vídeo e plataformas online, e caiu abaixo do limite de 3 milhões de espectadores pela primeira vez em março. 

Esta série faz parte do sucesso sem precedentes do canal AMC, que durante quatro anos lançou sucessivamente as séries "Mad Men", "Breaking Bad" e "The Walking Dead", todas elas se tornando cult. 

Agora, o canal busca se renovar, mas apesar da boa aceitação de "Fear the Walking Dead" e "Better Call Saul", respectivamente derivadas de "The Walking Dead" e "Breaking Bad", ainda não encontrou seu novo diamante.

TH VIDEO